Menino de 6 anos recria embalagem "confusa" de um produto

Jovem Harry Deverill estava confuso sobre a embalagem em uma garrafa de molho que ele tinha colocado em seu sanduíche de almoço, então ele fez algo a respeito. Em uma carta ao diretor-gerente da cadeia de supermercados britânica Waitrose, Harry disse que não achava que seu rótulo fazia qualquer sentido.
Caro Mark Price,
Estou escrevendo pois na outra manhã consumi o “Waitrose essential Brown Sauce” com os meus sanduíches de bacon. Perguntei ao meu pai, o que era a imagem no rótulo. Meu pai não sabia e nem eu. Por favor, você poderia me informar? Minha mãe diz que eu sou bom desenhista e por isso, se você quiser que eu desenhe uma nova imagem para o rótulo, eu ficaria feliz em fazê-lo.
Atenciosamente, Harry Deverill, com 6 anos idade.
É certo que o trabalho artístico na etiqueta original era um pouco confuso…
Kid-Label-4
Então ao invés de tentar explicar o que era para estar no rótulo, Waitrose considerou Harry e sua oferta para desenhar o rótulo ele próprio. O desenho de um almoço Inglês completo de um jovem garoto agora decora uma edição limitada de “Waitrose essential Brown Sauce”.
Kid-Label-1
Ironicamente, o design de embalagem que confundiu Harry e seu pai, na verdade, ganhou um importante prêmio de design em 2011 pela sua eficácia na comercialização do produto. Claro, isso não significa que a obra de arte, na verdade, fazia algum sentido, só que ele foi bem sucedido em vender molho.
 Menino de 6 anos recria rótulo "confuso" de um produto
Enquanto Harry não está nem perto receber o salário de um designer, no entanto, o menino foi recompensado com cartões de presente por seus esforços.
Cada dia mais as empresas devem tomar a consciência e a importância de escutar o cliente. Mas não daquele jeito “entrar por um ouvido e saiu pelo outro” como costumam falar por aí, pois isso além de feio iria de encontro com o fracasso e falta de percepção de um negócio.
Não espere seu cliente vir até você e falar tudo o que pensa. Vá atrás dele e busque essas informações. As mídias sociais são perfeitas para isso. O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.