As redes sociais e a formação do cidadão no Brasil atual

As redes sociais e a formação do cidadão no Brasil atual - ecommerce por Loft44 - Flow Commerce

A informação, o conhecimento e a criação dada pelos pais são elementos básicos para a construção de um cidadão. Cada detalhe nas relações diárias e periódicas é muito importante. Com a internet sendo cada vez mais fundamental na vida das pessoas, as redes sociais seguem pelo mesmo caminho assim como o profissional de marketing. Quem trabalha com marketing se torna cada vez mais essencial para conseguir utilizar todas as possibilidades que os meios de comunicação disponibilizam.

As redes sociais

loft44 redes-sociais-e-a-formacao-do-cidadao-no-brasil-atual
Derivado do conceito de redes, segundo a doutora em Comunicação e Cultura Regina Maria Marteleto, as redes sociais podem ser descritas como a representação de um conjunto de participantes autônomos, unindo ideias e recursos em torno de valores e interesses compartilhados. Já Raquel Recuero, jornalista, professora e pesquisadora de comunicação, diz que: “rede social é gente, é interação, é troca social. É um grupo de pessoas, compreendido através de uma metáfora de estrutura, a estrutura de rede. Os nós da rede representam cada indivíduo e suas conexões, os laços sociais que compõem os grupos. Esses laços são ampliados, complexificados e modificados a cada nova pessoa que conhecemos e interagimos”.
A formação de redes é uma prática humana antiga, mas ganhou um novo significado atualmente: são redes de informação energizadas pela internet. Para Raquel Recuero as redes são um “conjunto de dois elementos: atores e suas conexões. Uma rede, assim, é uma metáfora para observar os padrões de conexão de um grupo social, a partir das conexões estabelecidas entre diversos atores”. São estruturas que unem pessoas com interesses comuns e dispostas a partilhar conhecimentos ou ideias.

A influência das redes sociais

loft44-redes-sociais-cidadao
Se antes o caráter das pessoas era formado pelas pessoas com quem convivia, hoje esse número de conhecidos é bem maior com o poder de alcance da internet. Um exemplo é a forma de fazer política que é diferente da de antigamente. Com o maior acesso à informação proporcionado pela internet, a cidadania também é exercida diferente: de uma forma mais presente e com mais participações. Essa mudança traz consequências: se por um lado o leitor vota mais consciente com as informações que consegue online, por outro o ambiente “sem regras” da internet promove uma guerra de opiniões e acusações (nem sempre verdadeiras) para tentar convencer os indecisos.
Não é só na política que houve mudança com a internet. Outro exemplo é a forma de comprar dos consumidores atuais. Antes era o vendedor que detinha as informações e encaminhava os consumidores pelo processo da compra. Exemplo: Se quisesse comprar um livro sobre culinária, você iria até uma livraria e buscaria mais informações: quais os preços, quais os mais indicados, quais autores são mais premiados e etc. Antes da internet, vendas era o principal canal para receber informações: as empresas divulgavam o serviço ou produto e tentavam criar algum tipo de interesse para que o consumidor quisesse contratá-lo ou comprá-lo.
Atualmente o poder está com o consumidor. Hoje o consumidor vai atrás de informações sobre o que quer comprar sem nem sair de casa. Não faltam fontes sobre o produto ou serviço desejado. As empresas precisam se destacar oferecendo conteúdos de valor além das informações. O conceito de Philip Kotler de marketing define exatamente isso: “marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro. Marketing identifica necessidades e desejos não realizados. Ele define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro. Ele aponta quais os segmentos que a empresa é capaz de servir melhor e que projeta e promove os produtos e serviços adequados”.

O Marketing atual

O marketing eficaz não é mais o que interrompe o consumidor com anúncios, e sim o que atrai com conteúdo relevante e útil. Quem souber produzir conteúdo e arranjar formas de entregá-lo vai atrair mais público e conquistar mais fãs para sua marca. A internet, a evolução tecnológica e as relações das pessoas definem a construção de cada cidadão. A influência das redes sociais na vida de cada um é inegável e cada vez maior. Uma mesma rede pode ser usada de formas diferentes: para diversão, como fonte de informação ou mesmo para trabalho. Independente da forma, as redes sociais são um ótimo ambiente para o trabalho do marketing.
loft44-redes-sociais-marketing-atual inspirados pelo autismoloft44-redes-sociais-marketing-atual inspirados pelo autismo
Antigamente, a melhor forma de propaganda era o boca a boca. Hoje, ela ainda é usada e tem sua importância mas possui uma nova forma. Com a criação da internet e das redes sociais, o boca a boca é feito através da internet e atinge muito mais pessoas. Isso pode ser bom ou ruim. O elogio a uma empresa pode conquistar novos clientes ou mesmo incentivar a compra de um cliente indeciso. Já uma reclamação pode causar justamente o efeito contrário. Essa propaganda é bem mais barata e promove a longo prazo uma lealdade do cliente com a marca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.