5 estratégias de Marketing Digital Educacional

5 Estratégias De Marketing Digital Educacional - ecommerce por Loft44 - Flow Commerce

Alcançar as metas de novas matrículas impostas pela chefia parece impossível? Pois saiba que, ao aplicar estratégias assertivas de marketing digital educacional, esse cenário promete ser simplificado. Basta pensar com a cabeça do seu futuro cliente: se você estivesse procurando uma qualificação, onde buscaria informação. Na internet, claro! E é lá que a sua Instituição de Ensino precisa estar bem ranqueada, com conteúdo relevante e aparecer de forma atrativa.
Pensando nesse contexto, separamos, abaixo, cinco ações que podem alavancar o marketing digital educacional e os negócios das unidades de ensino. Veja:

Site otimizado

Comecemos do começo. Quando um futuro aluno digitar por “vestibular”, por exemplo, a Instituição de Ensino Superior onde você trabalha precisa estar nos resultados da busca. Para isso, é imprescindível ter um site otimizado para esses buscadores – Google, por exemplo. Técnicas de Search Engine Optimization, que inserem palavras-chave em lugares estratégicos, são as responsáveis por isso.

Blog com conteúdo relevante

Depois de encontrá-la, o usuário vai querer saber mais sobre a sua universidade – isso se o site for otimizado e também responsivo (adaptado para dispositivos móveis). Dessa forma, aconselhamos a criação de um blog: aos moldes deste que você está lendo este post. Ele deve ter bom design e, principalmente, conteúdo relevante – seja em textos mais curtos ou em e-books ou white papers. Mas lembre-se: esse espaço não é para propaganda, mas sim para informações de qualidade acerca de educação. Enfatize o know-how da sua instituição no segmento e mostre, com as palavras escritas, por que o internauta não irá se arrepender de apostar nela.

SAC 3.0

Coloque à disposição de atuais e futuros clientes do seu negócio a relação por meio dos meios digitais – e-mail, WhatsApp ou mensagem pelas redes sociais, por exemplo. Haja de forma consciente nesses canais a fim de sanar dúvidas. Caso contrário, eles vão “xingar muito no Twitter” a unidade pela qual você está envolvido, gerando uma crise de imagem. Demonstre profissionalismo por meio de equipe qualificada de mídias sociais.

Aplicativos mobile

Facilite a vida dos seus alunos – e mostre àqueles novos o seu diferencial – a partir de um app que permita visualização de notas, planos de ensino ou, ainda, o agendamento de alguma reunião com um professor. Assim como grande parte da sociedade atual, é provável que eles passem boa parte do dia com o aparelho em mãos. Nesse sentido, é uma forma de a instituição de ensino superior aproximar-se de seus clientes. Pense nisso.

Remarketing

Você buscou o preço de um tênis na internet. Até encontrou boas opções, mas decidiu não fechar a compra ainda. No dia seguinte, abre o Google novamente, e só o que encontra são anúncios com promoções daquele modelo que você gostou. Pronto: você caiu na estratégia de alguma(s) loja(s) online que aposta no rastreamento possível pelo remarketing, que tem baixo custo (custo por clique).
É possível aplicá-la como estratégia de marketing digital em uma instituição de ensino. Dessa forma, o nome da unidade de educação aparecerá mais vezes nos feeds daqueles que buscarem por conteúdos relacionados: cursos superiores online, por exemplo. É, praticamente, uma tática de guerrilha que funciona em algumas ocasiões. Profissionais capacitados poderão indicá-los: procure-nos em caso de dúvidas.

Você tem alguma sugestão? Gostaria de compartilhar um ponto de vista? Deixe abaixo o seu comentário – será um prazer trocar uma ideia. Em outro post nós demos outras dicas de ações para aumentar as matrículas na sua instituição de ensino. Se tiver alguma dúvida, não hesite em entrar em contato com a gente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.